100%

Lourival Palmeirense é homenageado com Título de Cidadão Honorário

Famoso pelo amor ao seu time do coração, Lourival Palmeirense esbanja felicidade. O apaixonado torcedor alviverde, que já conta os dias para comemorar o título do Campeonato Brasileiro pela segunda vez nesta década, vai receber da Câmara Municipal o Título de Cidadão Honorário de Arapoti. A homenagem foi aprovada na última semana (31), através do projeto de decreto 258/18, de autoria do vereador Divair da Silva (PV).

Lourival Martins de Oliveira chegou em Arapoti em 1946, aos cinco anos, na extinta Fábrica de Papel. Foi padeiro, operador de máquina de papel, comerciante e caminhoneiro. Em 2006, adquiriu a concessão da lanchonete da Rodoviária, negócio que administrou até 2012. Casado com sua segunda esposa, Erondina de Oliveira, tem seis filhos, 10 netos e um bisneto.

Hoje, com 77 anos, aposentado, leva uma vida tranquila, sem fortes emoções. Será? Quem conhece o Palmeirense sabe que não é bem assim. Ele percorre vários quilômetros quase todos os dias acompanhado de sua fiel escudeira, a bicicleta, e sempre que pode participa de provas e passeios. Sua devoção ao esporte começou cedo, aos 15 anos, jogando como goleiro no Guarani Esporte Clube. Guarda até hoje a taça de campeão da Copa Comarca de Jaguariaíva, de 1962. Na mesma época já era um amante do ciclismo, categoria pela qual venceu várias provas. Pedalou longos trajetos, até Ponta Grossa, Curitiba e Matinhos. Sem a bicicleta, correu os 15 km da São Silvestre (SP) em 1995 a 1997, 1999 e 2000, e participou de provas em Curitiba, Ponta Grossa, Piraí do Sul e outras cidades.

“Lourival é um exemplo para a geração atual e para as futuras gerações, pois sempre se dedicou ao trabalho e ao esporte, sempre incentivando os mais novos e respeitando a todos os atletas e torcedores de times adversários”, homenageou Divair.

Os Títulos de Cidadania serão entregues em Sessão Solene na Câmara Municipal no dia 14 de dezembro, evento que integra as comemorações do aniversário de Arapoti.
 
Protocolos desta Publicação:Criado em: 07/11/2018 - 10:59:00 por: Nicole Renata Chiaradia - Alterado em: 07/11/2018 - 10:59:00 por: Nicole Renata Chiaradia

Notícias

Cancelada Sessão Itinerante
Cancelada Sessão Itinerante

Informamos a toda população arapotiense que a Sessão Itinerante que seria realizada no dia de hoje (23) foi cancelada devido ao mau tempo. Nova data será marcada para atendimento da comunidade da Vila Nova, Bosque I e II.

6º Desafio de Rua: Capal recebe Moção de Aplauso
6º Desafio de Rua: Capal recebe Moção de Aplauso

A Capal Cooperativa Agroindustrial foi homenageada na noite de ontem (15) com Moção de Aplauso na Câmara de Arapoti. A proposição de autoria do vereador Silvio Lopes (PP) parabenizou pela realização do 6º Desafio de Rua, que aconteceu no dia 1º de maio, com corrida de 5 e 10 Km e caminhada de 3 Km

Câmara realiza Sessão Itinerante na Vila Nova
Câmara realiza Sessão Itinerante na Vila Nova

O projeto Sessão itinerante chega à Vila Nova na próxima semana. Será no dia 23 de maio, quinta-feira, às 19 horas, na Rua José Manuel Graminho, em frente ao número 516 (Casa da Dona Áurea). Moradores e representantes da Vila Nova e bairros próximos poderão reivindicar, reclamar ou expor suas dúvidas por escrito ou verbalmente

WITAMY: Imigração Polonesa terá data comemorativa em Arapoti
WITAMY: Imigração Polonesa terá data comemorativa em Arapoti

O dia 11 de novembro será a data municipal em comemoração à imigração polonesa em Arapoti. O Projeto de Lei 2069/2019 que institui a data, de autoria do vereador Divair da Silva (PV), foi aprovado por unanimidade em segundo turno nesta quarta-feira (08).

MOBILIZAÇÃO: Vereadores de Arapoti pedem proibição de reajuste da Sanepar
MOBILIZAÇÃO: Vereadores de Arapoti pedem proibição de reajuste da Sanepar

A autorização do reajuste de 12,13% feito pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infraestrutura do Paraná (Agepar) na conta de água e esgoto de todos os paranaenses mobilizou os vereadores de Arapoti nesta semana. Divair da Silva (PV), Jean Klichowski (MDB), Nelson Marcolino de Aguiar, o Pepe (PSD) e Ricardo Rodrigues Pedroso (PPS) são os vereadores que cobram o Executivo para decretar proibição ao aumento no município