100%

QUEBRA DE DECORO: Conselho de Ética se reúne para ouvir defesa do vereador Ricardo

O Conselho de Ética esteve reunido na manhã desta sexta-feira (19), na Câmara Municipal, para ouvir a defesa do vereador Ricardo Rodrigues Pedroso (PPS), no processo 02/2018, que investiga quebra de decoro parlamentar por ato de improbidade administrativa.  
O Vereador Ricardo solicitou adiamento de sua defesa, alegando ausência de seu advogado por problemas de saúde. Mesmo com contestação do denunciante, vereador Giovanni Modesto (PP), o Conselho de Ética aceitou seu pedido, e a defesa deverá ser remarcada.
Em entrevista com o vereador Ricardo, ele se defendeu dizendo que nunca tirou vantagem da Prefeitura enquanto servidor, e que vai provar sua inocência no decorrer do processo. Ricardo também se colocou à disposição do Conselho de Ética para esclarecer os fatos. “Durante meu mandato, sempre fui a favor da transparência. Portanto se há denúncia, o dever do Conselho é investigar. Estou tranquilo e seguro de minha idoneidade e de meu compromisso com a população”, disse.

Denúncia
Segundo a denúncia de autoria do vereador Giovanni Modesto (PP), antes de exercer o mandato de vereador, Ricardo teria realizado reparos em seu veículo particular utilizando mão de obra e equipamentos públicos, na oficina da Prefeitura Municipal. A denúncia também pede apuração se Ricardo, na época Chefe da Divisão de Planejamento Ambiental, teria ordenado um transporte de terra com veículo público para propriedade particular, com o objetivo de angariar votos. Na última segunda-feira (15), o denunciante apresentou um aditamento à denúncia, acusando Ricardo de tentar obter vantagens indevidas a fim de manipular a votação de cassação do mandato do vereador Giovanni. O Conselho de Ética vai votar se aceita ou não o aditamento à denúncia.
 
Protocolos desta Publicação:Criado em: 19/10/2018 - 16:35:49 por: Nicole Renata Chiaradia - Alterado em: 19/10/2018 - 16:35:49 por: Nicole Renata Chiaradia

Notícias

IPTU: Contribuintes já podem pedir devolução de emolumentos
IPTU: Contribuintes já podem pedir devolução de emolumentos

Os contribuintes já podem solicitar na Prefeitura Municipal a devolução da taxa de emolumentos paga com o carnê de IPTU nos últimos cinco anos. Para requerer o ressarcimento, o contribuinte deve comparecer à Prefeitura tendo em mãos originais e cópias dos documentos pessoais (RG e CPF), os comprovantes de pagamento do IPTU (ou solicitar extrato na Seção de Tributação), e as informações bancárias para depósito da devolução.

CIDADANIA: Vereadores acompanham votações do Projeto Eleitor do Futuro
CIDADANIA: Vereadores acompanham votações do Projeto Eleitor do Futuro

Na última quinta (13) e sexta-feira (14) aconteceram as votações do Projeto Eleitor do Futuro, desenvolvido pela Justiça Eleitoral em parceria com a Secretaria Municipal de Educação. O Presidente da Câmara, Marineo Ferreira (PTB), e o vereador Ricardo Rodrigues Pedroso (PPS), representaram a Câmara Municipal na cerimônias de abertura, ao lado da Prefeita Municipal, Nerilda Penna (PP) e do Juiz de Direito, Djalma Aparecido Gaspar Junior.

Jovens Vereadores visitam Escola Clotário Portugal
Jovens Vereadores visitam Escola Clotário Portugal

A Escola Municipal Clotário Portugal convidou os Jovens Vereadores para conhecerem a rua que dá acesso à instituição. A ação faz parte de um projeto pedagógico que trabalha as diversas abordagens sobre Trânsito.

Calógeras recebe Câmara Itinerante
Calógeras recebe Câmara Itinerante

Tem Sessão Itinerante da Câmara Municipal no próximo dia 27 de JUNHO, quinta-feira, às 18 horas, no Distrito de Calógeras. A reunião vai acontecer no Salão da Capelania Nossa Senhora do Rocio. Compareça, participe, esse é o Legislativo Municipal mais perto de você.

Economia do Legislativo: Câmara vai devolver verba para construção de Capela Mortuária e revitalização da Praça Romana Duarte
Economia do Legislativo: Câmara vai devolver verba para construção de Capela Mortuária e revitalização da Praça Romana Duarte

Os vereadores arapotienses apresentaram indicação na última quarta-feira (29) sugerindo investimentos da verba de devolução, no valor de R$400 mil, do Poder Legislativo ao Executivo Municipal. A decisão de antecipar a devolução do recurso, economizado no primeiro quadrimestre do ano, aos cofres municipais é do Presidente da Câmara, Marineo Ferreira (PTB), que abriu o debate com os demais vereadores sobre quais projetos poderiam ser executados.