100%

Legislativo participa de Congresso Internacional de Psicomotricidade Relacional; Evento debateu o uso da metodologia como ferramenta de desenvolvimento social

Representando o Legislativo Municipal, o vereador Divair da Silva (PV) participou do III Congresso Internacional de Psicomotricidade Relacional (CIRP) e do XIV Fórum Municipal de Educação e Psicomotricidade Relacional "Prevenção na Primeira Infância: prioridade para uma sociedade saudável". Acompanhando o vereador também esteve a psicomotricista Otávia Elgerma, que vem a vários anos lutando pela disseminação dos benefícios sociais da Psicomotricidade Relacional em Arapoti. Os eventos, realizados nos dias 15 e 16 de setembro, em Curitiba, reuniu palestrantes referência no assunto, do Brasil, Portugal, Espanha e Argentina, e discutiu temas importantes para a educação, saúde e assistência social. Entre vários nomes importantes da área que estiveram no encontro está Anne Lapierre, co-criadora da Psicomotricidade Relacional em parceria com André Lapierre, e José Leopoldo Vieira, pioneiro na aplicação do método no Brasil.

Projeto
O município de Arapoti, um dos pioneiros do estado do Paraná, aprovou em 2016 um projeto de lei, que já foi modelo para outros municípios do Brasil, autorizando o Executivo Municipal a instituir atividades de Psicomotricidade Relacional nas áreas da saúde, educação, infraestrutura e assistência social. O problema é que as ações previstas no documento, de autoria do vereador Lelo Ulrich (PSD), até hoje não saíram do papel. “A Psicomotricidade Relacional visa promover a cidadania, o desenvolvimento e a transformação social, principalmente na educação e na saúde”, lembrou o vereador Divair. “Nosso desafio é implantar a metodologia em setores estratégicos do atendimento público de Arapoti, principalmente crianças e adolescentes que vivem em situação de vulnerabilidade social. O primeiro passo é capacitar profissionais da Rede Pública para aplicar essa ferramenta”.

Método
A Psicomotricidade Relacional foi criada por André Lapierre, educador francês, na década de 70. É uma prática educativa, de valor preventivo e terapêutico, que permite crianças, adolescentes e adultos, expressarem seus conflitos relacionais, superando-os através do brincar, do jogo simbólico. O método pode ser levado a escolas, creches e clínicas e organizações e permite trabalhar dificuldades de adaptação no cotidiano e no convívio social.
Na prática, por exemplo, a criança que apresenta na escola condutas de agressividade, inibição, agitação, dependência, falta de limites, medos, hiperatividade, frustrações, autoestima baixa, entre outros, tem seu aprendizado comprometido. A Psicomotricidade Relacional vai, então, gerar estímulos para o ajuste positivo daqueles distúrbios comportamentais, sociais e cognitivos: incentivando o aprendizado, despertando o desejo de aprender, melhorando a produtividade da criança, superando medos, prevenindo dificuldades de expressão motora, verbal ou gráfica, estimulando à criatividade, a atenção, a concentração, a memória, elevando a auto-estima, aceitação de limites, aceitação de frustrações, resultando em mais desejo de aprender, pela constante exploração de suas potencialidades.
 
Protocolos desta Publicação:Criado em: 19/09/2018 - 16:56:43 por: Nicole Renata Chiaradia - Alterado em: 19/09/2018 - 16:56:43 por: Nicole Renata Chiaradia

Notícias

Requerimento cobra distribuição de uniforme escolar
Requerimento cobra distribuição de uniforme escolar

O vereador Jean Klichowski (MDB) questionou o Executivo se haverá distribuição de uniforme escolar para os alunos da Rede Municipal de Ensino para o ano de 2019. A pergunta foi feita através de requerimento, apresentado nesta quarta-feira (13)

Centro Esportivo receberá nome de Antenor Alves Teixeira
Centro Esportivo receberá nome de Antenor Alves Teixeira

A Câmara aprovou ontem o Projeto de Decreto 263/2019, de autoria do vereador Silvio Lopes (PP), que denomina o Centro Esportivo Antenor Alves Teixeira. O complexo está sendo construído no Loteamento do Bosque II e levará em seu nome uma homenagem ao conhecido Seu Baiano, morador do bairro até seu falecimento

CONHEÇA AS COMISSÕES PERMANENTES
CONHEÇA AS COMISSÕES PERMANENTES

Além da atuação no Plenário, o vereador também desenvolve seu trabalho dentro das Comissões Permanentes, estabelecidas pelo Regimento Interno da Casa. Existem cinco Comissões divididas em áreas de atuação: Constituição e Justiça (CCJ), Finanças e Orçamento (CFO), Educação, Saúde e Assistência Social (CESAS), Agricultura e Meio Ambiente e Obras e Serviço Público (COSP)

Comissão de Saúde acompanha conferências do tema
Comissão de Saúde acompanha conferências do tema

O Conselho Municipal de Saúde promoveu nos meses de fevereiro e março nove pré-conferências nos bairros onde existe Unidades de Saúde. Destas reuniões, o Presidente da Comissão de Saúde da Câmara, Divair da Silva (PV), esteve presente em sete delas. Ao todo, as pré-conferências reuniram cerca de 300 pessoas, entre profissionais da área, representantes do poder público, e usuários da Saúde

Enezeli Stonoga e Inês de Gouveia recebem Comenda Dona Nena
Enezeli Stonoga e Inês de Gouveia recebem Comenda Dona Nena

No último dia 08 de março, Dia Internacional da Mulher, a Câmara Municipal de Arapoti homenageou a luta de duas mulheres fortes e guerreiras: Enezeli Stonoga de Moura e Inês Olinda de Gouveia. As professoras aposentadas receberam das mãos dos vereadores propositores Marineo Ferreira (PTB) e Divair da Silva (PV) a Comenda Dona Nena, concedida à mulheres destaque do município de Arapoti