100%

Legislativo participa de Congresso Internacional de Psicomotricidade Relacional; Evento debateu o uso da metodologia como ferramenta de desenvolvimento social

Representando o Legislativo Municipal, o vereador Divair da Silva (PV) participou do III Congresso Internacional de Psicomotricidade Relacional (CIRP) e do XIV Fórum Municipal de Educação e Psicomotricidade Relacional "Prevenção na Primeira Infância: prioridade para uma sociedade saudável". Acompanhando o vereador também esteve a psicomotricista Otávia Elgerma, que vem a vários anos lutando pela disseminação dos benefícios sociais da Psicomotricidade Relacional em Arapoti. Os eventos, realizados nos dias 15 e 16 de setembro, em Curitiba, reuniu palestrantes referência no assunto, do Brasil, Portugal, Espanha e Argentina, e discutiu temas importantes para a educação, saúde e assistência social. Entre vários nomes importantes da área que estiveram no encontro está Anne Lapierre, co-criadora da Psicomotricidade Relacional em parceria com André Lapierre, e José Leopoldo Vieira, pioneiro na aplicação do método no Brasil.

Projeto
O município de Arapoti, um dos pioneiros do estado do Paraná, aprovou em 2016 um projeto de lei, que já foi modelo para outros municípios do Brasil, autorizando o Executivo Municipal a instituir atividades de Psicomotricidade Relacional nas áreas da saúde, educação, infraestrutura e assistência social. O problema é que as ações previstas no documento, de autoria do vereador Lelo Ulrich (PSD), até hoje não saíram do papel. “A Psicomotricidade Relacional visa promover a cidadania, o desenvolvimento e a transformação social, principalmente na educação e na saúde”, lembrou o vereador Divair. “Nosso desafio é implantar a metodologia em setores estratégicos do atendimento público de Arapoti, principalmente crianças e adolescentes que vivem em situação de vulnerabilidade social. O primeiro passo é capacitar profissionais da Rede Pública para aplicar essa ferramenta”.

Método
A Psicomotricidade Relacional foi criada por André Lapierre, educador francês, na década de 70. É uma prática educativa, de valor preventivo e terapêutico, que permite crianças, adolescentes e adultos, expressarem seus conflitos relacionais, superando-os através do brincar, do jogo simbólico. O método pode ser levado a escolas, creches e clínicas e organizações e permite trabalhar dificuldades de adaptação no cotidiano e no convívio social.
Na prática, por exemplo, a criança que apresenta na escola condutas de agressividade, inibição, agitação, dependência, falta de limites, medos, hiperatividade, frustrações, autoestima baixa, entre outros, tem seu aprendizado comprometido. A Psicomotricidade Relacional vai, então, gerar estímulos para o ajuste positivo daqueles distúrbios comportamentais, sociais e cognitivos: incentivando o aprendizado, despertando o desejo de aprender, melhorando a produtividade da criança, superando medos, prevenindo dificuldades de expressão motora, verbal ou gráfica, estimulando à criatividade, a atenção, a concentração, a memória, elevando a auto-estima, aceitação de limites, aceitação de frustrações, resultando em mais desejo de aprender, pela constante exploração de suas potencialidades.
 
Protocolos desta Publicação:Criado em: 19/09/2018 - 16:56:43 por: Nicole Renata Chiaradia - Alterado em: 19/09/2018 - 16:56:43 por: Nicole Renata Chiaradia

Notícias

IPTU: Contribuintes já podem pedir devolução de emolumentos
IPTU: Contribuintes já podem pedir devolução de emolumentos

Os contribuintes já podem solicitar na Prefeitura Municipal a devolução da taxa de emolumentos paga com o carnê de IPTU nos últimos cinco anos. Para requerer o ressarcimento, o contribuinte deve comparecer à Prefeitura tendo em mãos originais e cópias dos documentos pessoais (RG e CPF), os comprovantes de pagamento do IPTU (ou solicitar extrato na Seção de Tributação), e as informações bancárias para depósito da devolução.

CIDADANIA: Vereadores acompanham votações do Projeto Eleitor do Futuro
CIDADANIA: Vereadores acompanham votações do Projeto Eleitor do Futuro

Na última quinta (13) e sexta-feira (14) aconteceram as votações do Projeto Eleitor do Futuro, desenvolvido pela Justiça Eleitoral em parceria com a Secretaria Municipal de Educação. O Presidente da Câmara, Marineo Ferreira (PTB), e o vereador Ricardo Rodrigues Pedroso (PPS), representaram a Câmara Municipal na cerimônias de abertura, ao lado da Prefeita Municipal, Nerilda Penna (PP) e do Juiz de Direito, Djalma Aparecido Gaspar Junior.

Jovens Vereadores visitam Escola Clotário Portugal
Jovens Vereadores visitam Escola Clotário Portugal

A Escola Municipal Clotário Portugal convidou os Jovens Vereadores para conhecerem a rua que dá acesso à instituição. A ação faz parte de um projeto pedagógico que trabalha as diversas abordagens sobre Trânsito.

Calógeras recebe Câmara Itinerante
Calógeras recebe Câmara Itinerante

Tem Sessão Itinerante da Câmara Municipal no próximo dia 27 de JUNHO, quinta-feira, às 18 horas, no Distrito de Calógeras. A reunião vai acontecer no Salão da Capelania Nossa Senhora do Rocio. Compareça, participe, esse é o Legislativo Municipal mais perto de você.

Economia do Legislativo: Câmara vai devolver verba para construção de Capela Mortuária e revitalização da Praça Romana Duarte
Economia do Legislativo: Câmara vai devolver verba para construção de Capela Mortuária e revitalização da Praça Romana Duarte

Os vereadores arapotienses apresentaram indicação na última quarta-feira (29) sugerindo investimentos da verba de devolução, no valor de R$400 mil, do Poder Legislativo ao Executivo Municipal. A decisão de antecipar a devolução do recurso, economizado no primeiro quadrimestre do ano, aos cofres municipais é do Presidente da Câmara, Marineo Ferreira (PTB), que abriu o debate com os demais vereadores sobre quais projetos poderiam ser executados.